black sabbath

post relacionado
ozzy osbourne
ian gillan
dio

black sabbathBanda britânica que definiu o termo heavy metal na década de 70, uma força determinante no estilo. Os principais membros foram o vocalista Ozzy Osbourne (John Michael Osbourne); o baixista Terry ‘Geezer’ Butler (Terence Michael Joseph Butler); o guitarrista Tony Iommi (Frank Anthony Iommi) e o baterista Bill Ward (William Thomas Ward). Osbourne, Butler, Iommi e Ward, eram colegas de escola em Birmingham no final dos anos 60, e formaram a banda ‘Polka Tulk and Earth’ que evoluiu para ‘Black Sabbath’. Nomeada assim inspirada na idéia de Butler, um grande fã de romances de magia negra e terror que tinha escrito a música ‘Black Sabbath’, título de um romance do escritor ocultista Dennis Wheatley, e que o grupo adotou como seu nome também. A banda cultivou essa imagem macabra, com riffs de guitarra sinistros e vocais sombrios. As letras do ‘Black Sabbath’, embebidas no ocultismo, rituais proibidos, expressavam angústia; a musicalidade considerada grosseira foi desprezada pela crítica e rejeitada pelos programadores de rádio.

Repudiados também pela sociedade, o que deu mais notoriedade, principalmente entre os jovens e as constantes turnês transformaram a banda em estrela, e canções como ‘Paranoid’, ‘Iron Man’ e ‘War Pigs’ tornaram-se clássicos do metal. A banda tinha descoberto um novo público ávido por sua abordagem intransigente. Se os seus antecessores claramente seguiam uma tradição do blues eletrificado, ‘Black Sabbath’ encaminhou essa tradição em uma nova direção, e assim deu vida a um estilo musical que atraiu milhões de fãs décadas mais tarde. Até o final da década de 70 haviam vendido milhões de discos e tornaram-se o padrão pelo qual praticamente todas as bandas de heavy metal tinham como referência. Osbourne deixou a banda no final de 1970, seguido depois por Ward e Butler. Iommi manteve vivo o nome ‘Black Sabbath’ na década de 80 com uma variedade de músicos e Osbourne forjou uma carreira solo abastecida com muita droga. Na década de 90 a formação original se reuniu em várias ocasiões. A banda foi introduzida no ‘Rock and Roll Hall of Fame’ em 2006.

black sabbath (dio) - heaven and hell



black sabbathBlack Sabbath com Ozzy Osbourne - O primeiro trabalho, ‘Black Sabbath’, teve um grande sucesso com composições históricas: ‘Black Sabbath’, ‘The Wizard’ e ‘N.I.B.’. O próximo álbum, ‘Paranoid’, é ainda o maior sucesso comercial e é considerado de grande importância para o aparecimento do heavy metal, com canções mais maduras como ‘Paranoid’, ‘Iron Man’, ‘Electric Funeral’ e ‘War Pigs’ que crítica políticos considerados responsáveis pelos horrores da guerra. De sucesso notável, ‘Master of Reality’, é o álbum mais obscuro e introspectivo da banda. Ele, junto com o ‘Black Sabbath’ e ‘Paranoid’, são considerados os álbuns do nascimento do doom metal, cuja característica é criar uma atmosfera de escuridão e melancolia. ‘Master of Reality’ tem uma inovação, chamada ‘limitação’, uma prática que se tornaria quase uma norma para muitos grupos de rock e metal. Iommi na guitarra e Butler no baixo tocam em C sustenido, abaixo da afinação tradicional, mudança feita por dois motivos: para se adaptar ao vocal de Ozzy e para dar um som mais pesado para a sua música. Mais tarde, a partir do álbum ‘Heaven and Hell’, com o vocalista Ronnie James Dio a guitarra e o baixo são afinados em D sustenido.

O álbum seguinte, ‘Black Sabbath Vol. 4’, revela uma contaminação do rock progressivo: na balada ‘Changes’, Ozzy é acompanhado por piano e cordas. ‘Sabbath Bloody Sabbath’, é caracterizado pelo rock progressivo ainda mais visível e conta com a presença de Rick Wakeman do ‘Yes’ nos teclados. Época em que todos os membros se envolveram com as drogas, em especial Osbourne e Ward que fizeram uso de LSD todos os dias por mais de dois anos. ‘Sabotage’ é um dos mais variados álbuns do grupo, alternando heavy metal em ‘Hole in the Sky’ e ‘Symptom of the Universe’, com o canto gregoriano de ‘Supertzar’ e pop rock de ‘Am I Going Insane (Radio)’. ‘Technical Ecstasy’ desiludiu os fãs do estilo inicial do grupo devido à presença de maestro e sintetizadores musicais. Para outros, foi um álbum inovador. Após a turnê, Osbourne deixou o grupo, devido à morte do seu pai e a sua dependência cada vez maior com o álcool e drogas. Ozzy voltou para o álbum ‘Never Say Die!’ com sons eletrônicos e experimentais com Don Airey do ‘Deep Purple’ nos teclados. A resposta dos fãs foi negativa. Ozzy continuou abusando das drogas e foi despedido.

Black Box: The Complete Original Black Sabbath

Black Box: The Complete Original Black Sabbath (1970–1978)
CD 1    CD 2    CD 3    CD 4    CD 5    CD 6    CD 7    CD 8

CD 1: Black Sabbath
01. Black Sabbath 02. The Wizard 03. Wasp/Behind The Wall Of Sleep/Bassically/N.I.B. 04. Wicked World 05. A Bit Of Finger/Sleeping Village/Warning 06. Evil

CD 2: Paranoid
01. War Pigs/Luke's Wall 02. Paranoid 03. Planet Caravan 04. Iron Man 05. Electric Funeral 06. Hand Of Doom 07. Rat Salad 08. Jack The Stripper/Fairies Wear Boots

CD 3: Master of Reality
01. Sweet Leaf 02. After Forever 03. Embryo 04. Children of The Grave 05. Orchid 06. Lord Of This World 07. Solitude 08. Into The Void

CD 4: Black Sabbath, Vol. 4
01. Wheels Of Confusion/The Straightener 02. Tomorrow's Dream 03. Changes 04. FX 05. Supernaut 06. Snowblind 07. Cornucopia 08. Laguna Sunrise 09. St . Vitus' Dance 10. Under The Sun/Every Day Comes And Goes

CD 5: Sabbath Bloody Sabbath
01. Sabbath Bloody Sabbath 02. A National Acrobat 03. Fluff 04. Sabbra Cadabra 05. Killing Yourself To Live 06. Who Are you? 07. Looking For Today 08. Spiral Architect

CD 6: Sabotage
01. Hole In The Sky 02. Don't Start (Too Late) 03. Symptom Of The Universe 04. Magalomania 05. The Thrill Of It All 06. Supertzar 07. Am I Going Insane (Radio) 08. The Writ

CD 7: Technical Ecstasy
01. Back Street Kids 02. You Won't Change Me 03. It's Alright 04. Gypsy 05. All Moving Parts (Stand Still) 06. Rock 'N' Roll Doctor 07. She's Gone 08. Dirty Women

CD 8: Never Say Die!
01. Never Say Die 02. Johnny Blade 03. Junior's Eyes 04. A Hard Road 05. Shock Wave 06. Air Dance 07. Over To You 08. Breakout 09. Swinging The Chain

black sabbath com dioBlack Sabbath com Ronnie James Dio - Ozzy Osbourne era um grande animador do público durante os concertos ao vivo, e encontrar um substituto digno foi difícil. Finalmente ele foi substituído por Ronnie James Dio, ex-vocalista das bandas ‘Elf’ e ‘Rainbow’. O primeiro álbum com Dio, ‘Heaven and Hell’, foi um grande sucesso e foi marcado pela entrada de Geoff Nicholls nos teclados. Embora nem sempre seja reconhecido como um membro oficial do grupo, Nicholls teve indiscutível influência sobre o grupo. Durante a turnê, o baterista Bill Ward teve que sair por razões pessoais e foi substituído por Vinny Appice. A turnê também revelou o carisma, a excelente voz e o talento de Ronnie James Dio, além do famoso gesto de 'chifres', mais tarde incorporado como sinal de reconhecimento pelos amantes do heavy metal. Autoria do gesto que gerou polêmica, uma vez que também foi reivindicada por Gene Simmons do 'Kiss'. No entanto, os críticos argumentam que não foi introduzido nem por Dio nem por Simmons, mas pelos ‘Beatles’ em 1967. O álbum posterior, ‘Mob Rules’ confirmou o novo estilo adquirido pela banda. ‘Live Evil’ foi gravado com a maior parte das canções mais famosas do grupo e deu asas a debates acalorados entre Ronnie James Dio e o líder Tony Iommi que acusou o vocalista de estudar a noite para aumentar o seu volume de voz e o chamou de ‘pequeno Hitler’. As controvérsias convenceram o cantor a deixar a banda levando consigo o baterista Vinny Appice.

black sabbath - the dio years (2007)    black sabbath - rules of hell (2008)

The Dio Years (2007)

Rules of Hell (2008)
CD 1    CD 2    CD 3    CD 4    CD 5

The Dio Years
01. Neon Knights 02. Lady Evil 03. Heaven And Hell 04. Die Young 05. Lonely Is The World 06. The Mob Rules 07. Turn Up The Night 08. Voodoo 09. Falling Off The Edge Of The World 10. After All (The Dead) 11. TV Crimes 12. I 13. Children Of The Sea (live) 14. The Devil Cried 15. Shadow Of The Wind 16. Ear In The Wall

Rules of Hell CD 1: Heaven and Hell (1980) 01. Neon Knights 02. Children of the Sea 03. Lady Evil 04. Heaven and Hell 05. Wishing Well 06. Die Young 07. Walk Away 08. Lonely Is the Word

Rules of Hell CD 2: Mob Rules (1981)
01. Turn up the Night 02. Voodoo 03. The Sign of the Southern Cross 04. E5150 05. The Mob Rules 06. Country Girl 07. Slipping Away 08. Falling off the Edge of the World 09. Over and Over

Rules of Hell CD 3: Live Evil (1982)
01. E5150 02. Neon Knights 03. N.I.B. 04. Children of the Sea 05. Voodoo 06. Black Sabbath 07. War Pigs 08. Iron Man

Rules of Hell CD 4: Live Evil (1982)
01. The Mob Rules 02. Heaven & Hell 03. The Sign of the Southern Cross/Heaven & Hell (Continued) 04. Paranoid 05. Children of the Grave 06. Fluff

Rules of Hell CD 5: Dehumanizer (1992)
01. Computer God 02. After All (The Dead) 03. TV Crimes 04. Letters From Earth 05. Master Of Insanity 06. Time Machine 07. Sins Of The Father 08. Too Late 09. I 10. Buried Alive 11. Time Machine (Wayne's World Version)

black sabbath com ian gillanBlack Sabbath com Ian Gillan - Para a bateria foi contratado Cozy Powell, mas a resposta foi negativa. O vazio foi preenchido pelo regresso de Bill Ward. Porém, encontrar um novo vocalista foi novamente uma árdua tarefa. Iommi queria ter David Coverdale do ‘Whitesnake’, mas o vocalista recusou a proposta. Assim, Iommi e Butler convidaram Ian Gillan, ex-Deep Purple. Os boatos dão conta que Gillan aceitou a proposta em estado de embriaguez e de não se lembrar de nada. Com um novo vocalista foi possível a realização de ‘Born Again’, álbum odiado por alguns críticos e que suscitou grande controvérsia: a canção ‘Trashed’ foi acusada de incitar o uso de álcool e foi incluída em uma lista chamada de ‘as quinze asquerosas’. A associação entre Gillan e Sabbath foi apelidada, ironicamente por muitos jornais, como ‘Black Purple’. Durante a turnê Bill Ward se retirou novamente e foi substituído por Bev Bevan, ex-Electric Light Orchestra, e Gillan voltou ao ‘Deep Purple’ para gravar o álbum ‘Perfect Strangers’. Infelizmente ‘Born Again’ foi o único trabalho de Ian Gillan com o ‘Black Sabbath’.

black sabbath - born again (1983)

Born Again (1983)

Tracklist
01. Trashed 02. Stonehenge 03. Disturbing The Priest 04. The Dark 05. Zero The Hero 06. Digital Bitch 07. Born Again 08. Hot Line 09. Keep It Warm

Tony Iommi and Glenn HughesBlack Sabbath com Glenn Hughes - Novamente só restaram Iommi e Butler que muito desapontado também deixou a banda até 1992 onde gravaria o álbum ‘Dehumanizer’ junto com Dio e Appice. A banda ficou inativa por seis meses, até Iommi decidir lançar um álbum solo. Comprou os direitos da banda e lançou o álbum ‘Seventh Star’ como se fosse do ‘Black Sabbath’ com o baterista Eric Siger e o baixista Gordon Copley. O vocalista escolhido foi Glenn Hughes, ex-baixista e vocalista do Deep Purple. Hughes foi demitido alguns shows depois e substituído por Ray Gillen e Gordon Copley por Dave Spitz. ‘Seventh Star’ é o décimo segundo álbum da banda e é considerado um ótimo álbum pelos fãs.


black sabbath - seventh star (1986)

Seventh Star (1986)

Tracklist
01. In For The Kill 02. No Stranger To Love 03. Turn To Stone 04. Sphinx (The Guardian) 05. Seventh Star 06. Danger Zone 07. Heart Like A Wheel 08. Angry Heart 09. In Memory

black sabbath com tony martinBlack Sabbath com Tony Martin - Na preparação do álbum ‘The Eternal Idol’, Ray Gillen saiu do grupo e foi substituído por Tony Martin cujo talento foi comparado, por muitos, com o de Ronnie James Dio. Mesmo com algumas referências ao passado e mantendo o estilo adotado nos últimos anos o álbum não teve o sucesso esperado. Com os fracos resultados alcançados com os álbuns posteriores, ‘Headless Cross’ e ‘Tyr’, Tony Iommi convocou a formação do início dos anos 80, com Geezer Butler, Ronnie James Dio e Vinny Appice. O álbum que surgiu, ‘Dehumanizer’ teve uma ótima repercussão entre os fãs e críticos. Com a saída de Dio e Appice, a banda chamou novamente Tony Martin e lança ‘Cross Purposes’ com um som bastante vigoroso e algumas músicas marcantes. Mais uma vez, o baterista Bill Ward e baixista Butler abandonaram a banda e regressaram Cozy Powell e Neil Murray, que lançam o álbum ‘Forbidden’ com o rapper e ator Ice-T cantando junto com Tony Martin, a canção ‘Illusion of Power’.

black sabbath - the eternal idol (1987)

The Eternal Idol (1987)

Tracklist
01. The Shining 02. Ancient Warrior 03. Hard Life To Love 04. Glory Ride 05. Born To Lose 06. Nightmare 07. Scarlet Pimpernel 08. Lost Forever 09. Eternal Idol

‘The Best of Black Sabbath’ é um álbum de compilação lançado pela ‘Sanctuary Records’ e abrange um período total de gravação entre 1970-1983. Começa com Ozzy Osbourne nos vocais e termina com Ian Gillan, começa com o álbum ‘Black Sabbath’ de 1970, e termina com ‘Born Again’ de 1983. ‘Deep Purple’, ‘Led Zeppelin’ e ‘Black Sabbath’, a trindade do heavy metal. A mais pesada era Sabbath’, e sem elas o heavy metal não poderia mesmo ter existido. Tony Iommi é responsável por alguns dos melhores riffs já escritos e esta compilação é um testemunho desse fato. Ao adicionar a voz do lendário Ozzy Osbourne, temos nesta compilação as melhores combinações do gênero. A capa do álbum traz os túmulos de pedra nas ruínas da capela de St. Patrick e remontam ao século 11. A localização é em Heysham, grande aldeia costeira ao noroeste da Inglaterra com vista para Baía de Morecambe. Os túmulos foram cortados a partir de rocha sólida. No fundo o sol está se pondo. Na parte de trás do encarte há a silhueta de Geezer Butler tocando ao luar. Geezer Butler é mais conhecido como o baixista e letrista do ‘ Black Sabbath’. Butler formou sua primeira banda com o velho amigo Ozzy Osbourne em 1967. Separados por um tempo, foram reunidos com o guitarrista Tony Iommi e o baterista Bill Ward no ‘Black Sabbath’ no início de 1969. Butler tocava guitarra, mas quando Sabbath foi formado, Iommi deixou claro que ele não gostaria de tocar com outro guitarrista, então Butler mudou para o baixo. E ficou conhecido como um dos melhores baixistas e o primeiro a utilizar um pedal wah-wah no seu baixo. Enquanto Ozzy Osbourne foi o frontman, Butler escreveu quase todas as letras da banda, mostrando nelas a sua fascinação por religião, ficção científica, fantasia e horror, e reflexões sobre o lado obscuro da natureza humana que representam uma constante ameaça de aniquilação global.

black sabbath - the best of (2000)

The Best of Black Sabbath(2000)
CD 1    CD 2

Tracklist CD 1
01. Black Sabbath 02. The Wizard 03. N.I.B. 04. Evil Woman 05. Wicked World 06. War Pigs 07. Paranoid 08. Planet Caravan 09. Iron Man 10. Electric Funeral 11. Fairies Wear Boots 12. Sweet Leaf 13. Embryo 14. Children of the Grave 15. Lord of This World 16. Into the Void

Tracklist CD 2
01. Tomorrow's Dream 02. Supernaut 03. Snowblind 04. Sabbath Bloody Sabbath 05. Killing Yourself to Live 06. Spiral Architect 07. Hole in the Sky 08. Don't Start (Too Late) 09. Symptom of the Universe 10. Am I Going Insane [Radio Edit] 11. Dirty Women 12. Never Say Die 13. Hard Road 14. Heaven and Hell 15. Turn Up the Night 16. The Dark/Zero the Hero

publicado por mara* às 14:29 | link do post | comentar