albert king

albert kingCanhoto, Albert Nelson tocava sua guitarra virada de forma que as cordas graves ficavam para baixo e usando suas próprias afinações criou um som distinto e altamente influente tornando-se o bluesman Albert King. Ao lado de Freddie King e B.B King, integra a grande tríade do blues, um dos principais nomes da guitarra elétrica. Ele foi um mestre do solo em única corda e podia produzir um som de blues atormentado que definiu o seu estilo para além de seus contemporâneos. Junto com B.B. King e Muddy Waters, Albert King ajudou a nutrir o interesse dos brancos pelo blues quando essa música mais precisava de apoio para sobreviver e por quatro décadas desfrutou de uma carreira de sucesso de ampla aceitação crítica e comercial por todo o mundo. Os solos do grande canhoto do blues na sua Gibson Flying V nutriam admiradores como Eric Clapton, Luther Allison, Stevie Ray Vaughan, Mike Bloomfield, Taj Mahal e Jimi Hendrix. O solo de Eric Clapton na música ‘Strange Brew’ quando tocava no ‘Cream’, é uma cópia nota-a-nota do solo de King na música ‘Oh! Pretty Woman’. De uma família humilde de Indianola, Mississipi, nasceu em uma plantação de algodão onde trabalhou na sua juventude. Uma de suas primeiras influências musicais foi o pai, Will Nelson, que tocava guitarra. Durante sua infância, ele também cantava gospel em uma igreja local. Inspirado por Blind Lemon Jefferson, Albert foi cantar em um grupo gospel que o levou ao blues e começou sua carreira profissional no Arkansas, no grupo ‘In the Groove Boys’, antes de migrar para o norte no começo de 1950.

albert king 1

Por um tempo, Albert tocou bateria com Jimmy Reed e em 1953, ele convenceu Al Benson, proprietário do selo Parrot, a gravá-lo como cantor de blues e guitarrista. King apenas se tornou uma figura importante do blues, depois de assinar com a Stax Records, em 1966. Tocando no grupo ‘Booker T. & the MG´s’, Albert King criou um som de blues com influencias do soul de Memphis. Foi o primeiro artista a tocar blues no lendário palco de rock do ‘Fillmore West' de San Francisco, como também compartilhou, em 1968, a noite de abertura com Jimi Hendrix e John Mayall. King tornou-se uma constante no Fillmore e foi um dos primeiros bluesmen a gravar com uma orquestra sinfônica. Em 1969, se apresentou no ‘St. Louis Symphony’, que reúne os blues e música clássica. King foi incluído no ‘Blues Hall of Fame’ em 1983 e continuou em turnês até o início de 1990, tocando em festivais e concertos. Morreu de um colapso cardíaco em 1992, em Memphis, Tennessee, pouco antes de iniciar uma turnê européia.

albert king - be on your merry way



albert king - the ultimate collection (1993)

The Ultimate Collection (1993)
CD 1    CD 2

Tracklist CD 1
01. Be on Your Merry Way 02. Murder 03. Little Boy Blue 04. C.O.D. 05. Worsome Baby 06. Lonesome 07. You Threw Your Love on Me Too Strong 08. Laundromat Blues 09. Overall Junction 10. Oh, Pretty Woman (Can't Make You Love Me) 11. Funk-Shun 12. Crosscut Saw 13. Down Don't Bother Me 14. Born Under a Bad Sign 15. Personal Manager 16. Very Thought of You 17. Hunter 18. I Almost Lost My Mind 19. As the Years Go Passing By 20. Cold Feet 21. You Sure Drive a Hard Bargain 22. (I Love) Lucy 23. You're Gonna Need Me 24. Blues at Sunrise [Live]

Tracklist CD 2
01. Blues Power [Live] 02. She Caught the Katy (And Left Me a Mule to Ride) 03. Angel of Mercy 04. I'll Play the Blues for You, Pts. 1 & 2 05. Answer to the Laundromat Blues 06. Breaking up Somebody's Home 07. I Wanna Get Funky 08. Cold Women With Warm Hearts 09. Cadillac Assembly Line 10. Ain't Nothing You Can Do 11. Call My Job 12. Good Time Charlie 13. We All Wanna Boogie 14. Feeling 15. Phone Booth

tags:
publicado por mara* às 13:36 | link do post | comentar