bobby womack

bobby womackBobby Womack é um dos artistas mais respeitados da ‘black music’, com uma longa carreira no rhythm & blues e soul. Como muitos outros cantores negros, Womack começou na música gospel, cantando nos coros das igrejas e, em seguida, se firmou como compositor, guitarrista e cantor. Womack é imensamente popular entre os afro-americanos e um verdadeiro superstar na Europa, onde seus álbuns frequentemente vendem na casa dos milhões. E segundo alguns críticos, está entre os melhores da música pop moderna. Mas, nem sempre foi assim. Bobby Womack é um veterano que pagou suas dívidas por mais de uma década antes de ter a chance do estrelato próprio. Bobby Womack perseverou através da tragédia e da dependência e emergiu como um dos grandes sobreviventes da soul music. Capaz de brilhar sob os holofotes como cantor ou nos bastidores como instrumentista e compositor, Bobby Womack nunca teve o seu devido lugar, mas durante os anos 60 e boa parte dos anos 70, ele foi consistente nas paradas de R&B, com um alto padrão de qualidade. Suas gravações tinham emoção que aprendeu com Sam Cooke, Wilson Pickett e Sly Stone, que trabalharam com ele em um momento ou outro. Um guitarrista subestimado, Bobby Womack ajudou a criar uma abordagem minimalista semelhante ao de Curtis Mayfield, e foi uma influência precoce sobre o jovem Jimi Hendrix. Além disso, suas canções foram gravadas por vários artistas.

Bobby Womack Dwayne nasceu em Cleveland, Ohio. Sua educação foi rígida e religiosa. No início dos anos 50, ainda criança, Bobby juntou-se aos seus irmãos Cecil, Curtis, Harry e Friendly Jr. para formar o quinteto gospel ‘The Womack Brothers’. Eles foram escolhidos para abrir um show local para os ‘The Soul Stirrers’ em 1953, ocasião em que Bobby fez amizade com o vocalista Sam Cooke; e depois o grupo percorreu o país como banda de abertura para diversos grupos gospel, cantando e pregando o evangelho. Cantar qualquer coisa além de gospel era o caminho para o inferno. Apesar de sua profunda fé, Womack sentiu algo diferente em meados do final da década de 50 com o movimento da soul music que lhe forneceu dinheiro e fama muito além dos limites do gospel.

bobby womack - the valentinosQuando Sam Cooke formou seu próprio selo, SAR, ele recrutou os irmãos Womack para transformá-los em um grupo de R&B. Ao saber que seus filhos estavam se movendo para a música secular, - música destituída da temática religiosa, música que as igrejas evangélicas ainda adotam, cultura de que qualquer tipo de música que não seja evangélica, é secular, e portanto, considerada inadequada para seus seguidores -, seu pai esbravejou que eles iriam enfrentar a danação eterna e os expulsou de casa. Sam Cooke emprestou-lhes dinheiro para comprar um carro e dirigir até seus escritórios de Los Angeles. Os irmãos Womack fizeram várias gravações para a SAR e logo Sam Cooke convenceu-os a mudar o nome do grupo para ‘The Valentinos’. Em dois anos, o grupo estava lotando as salas no circuito de R&B, liderado pelo vocal suave de Bobby e suas composições. E Bobby Womack eventualmente se juntava à banda de apoio de Cooke como guitarrista.

O maior sucesso veio em 1964, com ‘It’s All Over Now’, composição de Bobby que vendeu quatro mil exemplares. A canção também foi gravada pelos ‘Rolling Stones’ que tiveram seu hit número um pela primeira vez com esta canção em 1964. Mais tarde, outra canção de Womack, ‘Looking for a Love’ foi o maior hit de ‘The J. Geils Band’, banda muito popular na década de 70. Womack nunca se importou com o fato de que artistas brancos eram capazes de fazer mais sucesso com suas músicas do que ele próprio. Ele tinha consciência de que havia um bloqueio por ele ser negro. Mas, depois de 30 anos teve que se perguntar: Por que não eu? E se fazia essa pergunta o tempo todo.

bobby womack & ronnie wood 1975

Bobby Womack & Ronnie Wood (1975)

A morte trágica de Sam Cooke em dezembro de 1964 deixou Womack muito abalado e a carreira do seu grupo com os irmãos no limbo. Apenas três meses depois, Womack casou com Barbara Campbell, viúva de Cooke, que lhe rendeu má fama na comunidade R&B e muitos o viram como um oportunista já que Barbara era significativamente mais velha que ele. E na sequência do escândalo, ele foi incapaz de dar continuidade a sua carreira solo, suas composições foram evitadas como a peste apesar de sua qualidade. Para sobreviver, Womack se tornou um guitarrista de apoio, primeiro com Ray Charles, depois para artistas tão variados como Aretha Franklin, Janis Joplin e o guitarrista húngaro Gabor Szabo. Ele também manteve laços estreitos com os ‘Rolling Stones’, contribuindo com a sua guitarra e até mesmo nos vocais para mais de um álbum dos Stones.

bobby womack & ronnie wood 2009

Bobby Womack com o guitarrista dos ‘Rolling Stones’, Ron Wood, na cerimônia em 2009
quando foi introduzido ao ‘Rock and Roll Hall of Fame’

A carreira solo de Womack teve picos e decaídas. No final dos anos 70 um elenco de novas estrelas praticamente o sepultaram. Sua carreira foi perdida na enchente de lançamentos de novos artistas negros. E o uso de drogas começou a tomar um rumo mais sério quando seu irmão Harry foi assassinado por uma namorada ciumenta em 1974, no próprio apartamento de Bobby. Depois de um hiato doloroso causado pela morte repentina de seu filho recém-nascido em 1979, recuperou-se rapidamente na década de 80 com a produção de um dos seus mais conhecidos álbuns, ‘The Poet’. O lançamento de ‘The Poet II’ foi adiado até 1984, e contou com vários duetos. No início de 90, Bobby Womack garantiu uma audiência dedicada tanto na América quanto no exterior. Seu dueto de 1986 com Mick Jagger, na versão da música ‘Harlem Shuffle’, o apresentou para os telespectadores da MTV, enquanto seus álbuns ‘Womagic’ e ‘The Last Soul Man’ o tornaram querido para seus muitos fãs afro-americanos. ‘So Many Rivers’ (1985) e ‘Save the Children’ (1990) são obras com temática social e problemas do cantor com o abuso de drogas. Nos anos que se seguiram, Womack retornou ao mundo da música apenas esporadicamente. Lançado em 1994, ‘Resurrection’ foi gravado com uma série de astros convidados incluindo Ron Wood, Keith Richards, Rod Stewart e Stevie Wonder. Em 1999, ele cumpriu uma promessa de longa data feita a seu pai que faleceu em 1981, gravou um álbum gospel primeira vez, ‘Back to My Roots’. Bobby Womack, o veterano cantor de soul que deu aos ‘Rolling Stones’ o primeiro hit, foi diagnosticado com câncer de cólon. Womack, então com 68 anos, estava no hospital se recuperando de uma pneumonia quando recebeu o diagnóstico.

bobby womack - the poet (1981)    bobby womack - the best of (2008)

The Poet (1981)    |    The Best Of (2008)

The Poet
01. So Many Sides Of You 02. Lay Your Lovin’ On Me 03. Secrets 04. Just My Imagination 05. Stand Up 06. Games 07. If You Think You’re Lonely Now 08. Where Do We Go From Here

The Best Of
01. Across 110th Street 02. Woman's Gotta Have It 03. I'm A Midnight Mover 04. That's The Way I Feel About 'Cha 05. You're Welcome, Stop On By 06. Lookin' For A Love 07. I'm In Love 08. I Left My Heart In San Francisco 09. Communication (Single Version) 10. Fact Of Life/He'll Be There When The Sun Goes Down (Medley) 11. Fly Me To The Moon (In Other Words) 12. Harry Hippie 13. I Can Understand It 14. The Preacher/More Than I Can Stand (Medley) (Live) 15. I'm Through Trying To Prove My Love To You 16. It's All Over Now 17. California Dreamin' 18. How I Miss You Baby 19. Nobody Wants You When You're Down And Out 20. Daylight 21. Check It Out (Single Edit) 22. Fire And Rain

Bobby Womack - Across 110th Street



tags:
publicado por mara* às 14:03 | link do post | comentar