siouxsie and the banshees

mulheres no rock'n'roll
chrissie hynde = the pretenders
crucified-barbara
dolores o'riordan = the cranberries
doro pesch = warlock
girlschool
imelda may
janis joplin
joan jett | lita ford = the runaways
wendy o williams = plasmatics

siouxsie & the bansheesDa comunidade punk de Londres, em 1976, surgiu ‘Siouxsie and the Banshees’ a bem sucedida, elegante e sofisticada banda punk gótica com uma carreira que durou duas décadas. Foi um começo difícil, mas a cada álbum lançado, ‘Siouxsie and The Banshees’ foi crescendo. A partir de álbuns como ‘Kaleidoscope’, ‘Ju Ju’ e ‘Tinderbox’ vieram alguns sucessos como ‘Happy House’, ‘Spellbound’ e ‘Cities in Dust’. Com inúmeras alterações o grupo manteve-se sob a liderança da vocalista Siouxsie Sioux, nascida Susan Dallion em 1958. A idéia da banda surgiu a partir do ‘Bromley Contingent’, um grupo de seguidores e fãs, do qual Susan fazia parte, do ‘Sex Pistols’, célebre banda inglesa de punk rock, formada em Londres, no ano de 1975. O grupo devia seu nome para Bromley, o bairro de Londres onde alguns deles viviam e ajudaram a popularizar a moda do início do movimento punk no Reino Unido. A maioria era ex-fã de David Bowie.

Em 1979, o pós-punk nascia na Inglaterra. A sonoridade melancólica, com o som do baixo em primeiro plano e uso de bateria eletrônica em muitas ocasiões, bem como a utilização de sintetizadores para criar o clima sombrio característico do estilo, também estão presentes na sonoridade de ‘Siouxsie & the Banshees’ entre 1979 e 1982. Uma banda pertencente a este cenário musical que muito contribuiu para o nascimento do rock gótico. Além do baixista Steve Havoc e do guitarrista Marco Pirroni, a banda, em 1976, incluía o baterista John Simon Ritchie, que assumiu o nome de Sid Vicious. Susan Ballion passou a se chamar Siouxsie Sioux, referência a uma tribo indígena norte-americana, e Steve Havoc passou a ser chamado de Steve Severin. Na semana em que a banda procurava um nome, foi exibido na TV o filme ‘Cry of the Banshee’, baseado no conto de Edgar Alan Poe, no qual o ator Vincent Price atuava e acharam que ‘The Banshees’ seria uma ótima idéia para um nome. Depois pensaram em ‘Susy and the Banshees’, e em definitivo, ‘Siouxsie & the Banshees’. Banshee é um ente fantástico da mitologia celta (Irlanda). O termo origina-se do irlandês arcaico ‘Ben Síde’, significando ‘fada mulher’ cuja voz bela e tenebrosa anuncia a proximidade da morte.

bromley contingent

Siouxsie Sioux, atrás, a segunda da esquerda para a direita

No mesmo ano a banda estreou no lendário ‘Punk Festival’, realizado no ‘100 Club’ de Londres. A banda tocou somente covers como ‘Twist And Shout’ dos Beatles, ‘Knockin' On Heaven's Door’ de Bob Dylan e uma versão de cerca de vinte minutos de ‘The Lord’s Prayer,’ que agradou somente a um dos assistentes de Malcom McLaren, empresário do ‘Sex Pistols’. Após a apresentação, foram convidados a acompanhar o ‘Sex Pistols’ como banda de abertura em uma turnê pela Inglaterra. Logo depois, Sid Vicious entrou para os ‘Sex Pistols’, enquanto Marco Pirroni foi se juntar ao ‘Adam & The Ants’ do líder e vocalista Adam Ant, uma das figuras seminais da new wave. Sioux e Steve Severin, juntamente com o novo guitarrista John McKay e o baterista Kenny Morris, alcançaram o top das paradas britânicas em 1978, com o hit, ‘Hong Kong Garden’, logo depois lançaram o primeiro álbum ‘The Scream’ que trazia o cover dos Beatles, ‘Helter Skelter’, em estilo punk.

siouxsie & the banshees

Steven Severin, Siouxsie Sioux, Budgie e Marco Pirroni

Na turnê para a divulgação do segundo álbum ‘Join Hands’, ainda no estilo punk, tanto McKay quanto Morris inesperadamente saíram da banda, e o guitarrista Robert Smith do ‘The Cure’ e o baterista Budgie (Peter Edward Clarke) foram convocados para preencher o vazio. Smith voltou para a sua banda, e Budgie tornou-se membro permanente do grupo. Com John McGeoch, ex-guitarrista do ‘Magazine’, a banda voltou ao estúdio em 1980, para gravar ‘Kaleidoscope’, mais sutil e mais melódico do que os álbuns anteriores que aponta a transição da banda para o estilo gótico, demonstrando uma sonoridade típica do pós-punk. Com a força do hit ‘Happy House’, o álbum alcançou os primeiros lugares das paradas. ‘Kaleidoscope’ teve um impacto sobre vários músicos aclamados e é considerado para uns, como um dos melhores da banda. Um ano depois lançaram ‘Juju’, para outros, uma das obras-primas da banda, um clássico do pós-punk, e o hit ‘Spellbound’ está entre os melhores momentos da banda. Na mesma época foi lançado ‘Once Upon a Time’, uma coletânea.

siouxsie & the banshees and robert smith

Steven Severin, Siouxsie Sioux, Budgie e Robert Smith do ‘The Cure’

Depois do lançamento do experimental ‘A Kiss in the Dreamhouse’ de 1982, considerado uma das inspirações para a neo-psicodelia, John McGeoch adoeceu, e novamente Robert Smith do ‘The Cure’ juntou-se temporariamente para a turnê planejada do grupo no ‘Royal Albert Hall’ de Londres em 1983, que foi gravado e posteriormente lançado como ‘Nocturne’. Em 1984 logo após o lançamento de ‘Hyaena’, Robert Smith deixou a banda. Após sua recuperação, McGeoch optou por não retornar, então foi recrutado o guitarrista John Carruthers. Com ‘Tinderbox’, ‘Siouxsie and the Banshees’, finalmente chegou aos EUA principalmente com a força do excelente single ‘Cities in Dust’, uma canção que fala sobre a explosão do vulcão Vesúvio em Pompéia, Itália. Siouxsie que era amiga e namorada de Steve Severin passa a ser vista cada vez mais com o novo baterista Budgie, até que passam efetivamente a formar um casal e se dedicam a uma nova banda chamada ‘The Creatures’ que não conseguia se desvencilhar da constante comparação com os Banshees.

No final dos anos 80 produziram ‘Peepshow’, com o hit ‘Peek-a-boo’, que rapidamente chegou ao topo das paradas e ao primeiro lugar na Europa. No início dos anos 90, a banda mudou a sua imagem e Siouxsie domesticou o seu cabelo e suavizou a maquiagem e pela primeira vez foi visto o quão ela era bela. O novo álbum, ‘Superstition’, era muito mais brando do que os álbuns anteriores, mas ainda assim o sucesso foi garantido com o hit ‘Kiss Them for Me’, uma balada para Jayne Mansfield, um dos principais símbolos sexuais entre o final da década de 50 e o início dos anos 60, a primeira atriz a aparecer nua em uma produção hollywoodiana cuja carreira foi subitamente interrompida aos 34 anos de idade quando sofreu um acidente de carro. ‘Siouxsie & The Banshees’ tornou-se maior do que nunca e foi convidada para ser uma das bandas a se apresentar no primeiro ‘Loolopalooza Festival’ junto com ‘The Jesus and Mary Chain’ e ‘Jane's Addiction’.

Siouxsie Sioux

Quando o filme ‘Batman Returns’ estava sendo produzido, Siouxsie foi convidada para desempenhar o papel de ‘catwoman’. Ela recusou, afirmando que era cantora, não atriz. Em vez disso, ela compôs a canção-tema ‘Face to Face’ da personagem para Michelle Pfeiffer (veja aqui o clip). Este seria o seu último grande hit e, infelizmente, o álbum seguinte, ‘The Rapture’, de 1995, não conseguiu o sucesso dos anteriores, e a banda separou-se depois de mais de 20 anos na parada da ‘Billboard’. Siouxsie e Budgie continuaram e continuam até hoje com a sua banda ‘The Creatures’ que antes era um projeto paralelo. Steve Severin desenvolveu alguns projetos solos. Em 2003, a banda ressurgiu para um show filmado chamado ‘The Seven Year Itch’, que contou com a seguinte formação: Siouxsie Sioux, o baixista Steve Severin, o guitarrista Chandler Knox, e Budgie na bateria. O nome da turnê faz alusão aos sete anos de separação da banda. Apesar do desempenho surpreendente ficou bastante evidente que Siouxsie estava perdendo a voz. Parecia ser o fim da história de Siouxsie Sioux e de seus Banshees. Então, uma surpresa. Siouxsie sozinha, sem Banshees ou Creatures lançou em 2007, um novo álbum, ‘Mantaray’.

siouxsie & the banshees - cities in dust


Siouxsie and The Banshees - Twice Upon a Time: The Singles (1992)

Twice Upon a Time: The Singles (1992)

Tracklist
01. Fireworks 02. Slowdive 03. Melt ! 04. Dear Prudence 05. Swimming Horses 06. Dazzle 07. Overground 08. Cities In Dust 09. Candyman 10. This Wheels On Fire 11. The Passenger 12. Peek-A-Boo 13. The Killing Jar 14. The Last Beat Of My Heart 15. Kiss Them For Me 16. Shadowtime 17. Fear (Of The Unknown) 18. Face To Face

siouxsie & the banshees - the best of (2002)

The Best of (2002)
CD 1    CD 2

Tracklist CD 1
01. Drear Prudence 02. Hong Kong Garden 03. Cities In Dust 04. Peek-A-Boo 05. Happy House 06. Kiss Them for Me 07. Face To Face 08. Dizzy 09. Israel 10. Christine 11. Spellbound 12. Stargazer 13. Arabian Knights 14. The Killing Jar 15. This Wheel's On Fire

Tracklist CD 2
01. Spellbound (extended 12" version) 02. Song from the Edge of the World (Columbus mix) 03. Kiss Them for Me (Kathak #2 mix) 04. Peek-a-Boo (Silver Dollar mix) 05. The Killing Jar (Lepidopteristic mix) 06. Cities in Dust (Eruption mix) 07. Dazzle (Glamour mix) 08. Stargazer (Mambo Sun remix) 09. Face to Face (Catatonic mix)

publicado por mara* às 04:14 | link do post | comentar