gary moore

gary mooreUm dos guitarristas mais subestimados do rock, tanto do ponto de vista técnico como compositor Gary Moore continua a ser relativamente desconhecido nos EUA, enquanto o seu trabalho solo trouxe-lhe substancial aclamação e sucesso comercial na maioria das outras partes do mundo, especialmente na Europa. Nascido em Belfast, Irlanda, em meio às bombas do Exército Republicano Irlandês (IRA), Robert William Gary Moore se interessou pela guitarra durante os anos 60, ao ouvir Elvis Presley e posteriormente, os Beatles e com a descoberta dos mestres Eric Clapton e Jimi Hendrix, e talvez a maior influência de todas, Peter Green com o seu grupo ‘Fleetwood Mac’. Nos shows de John Mayall' Bluesbreakers em Belfast, Gary conheceu o blues, e impressionado com as guitarras naquele estilo logo aprendeu a tocar o instrumento. As brigas religiosas na Irlanda refletiam-se em seu som de guitarra: extremamente triste e sofrido. Após a mudança para Dublin, no final da década, Moore se juntou a um grupo e fundou a banda de jazz e blues ‘Skid Row’, que contou com o jovem cantor e compositor irlandês Phil Lynott, que logo após deixar o grupo formou o ‘Thin Lizzy’.

phil lynott‘Skid Row’ persistiu e acabou abrindo shows para os heróis de Gary Moore: Peter Green e ‘Fleetwood Mac’. E causou boa impressão aos veteranos a ponto de Green solicitar pessoalmente um contrato com a gravadora CBS para ‘Skid Row’, além de vender a Gary Moore uma de suas guitarras Gibson Les Paul Standard de 1959, que se tornaria o instrumento principal de Moore. ‘Skid Row’ gravou vários singles e álbuns, e embora tenha feito algumas turnês pela Europa e os EUA, o grupo não conseguiu obter sucesso comercial, o que levou à saída do guitarrista em 1972. Gary Moore, em seguida, formou sua própria banda, ‘Gary Moore Band’, juntamente com o baterista Pearse Kelly e o baixista John Curtis. Mas após ‘Grinding Storn’ o álbum de estréia do trio em 1973, o grupo desapareceu sem deixar vestígios, e Gary Moore mais uma vez se ligou a Phil Lynott, união que também teve vida curta.

skid row

'Skid Row'

Em seguida, ingressou no ‘Colosseum II’, sem as inflexões de jazz da anterior, a banda fazia uma viagem ao rock progressivo com inclinação no jazz fusion. Mas, mais uma vez, a permanência de Moore foi passageira, ele apareceu em apenas três gravações antes de aceitar mais uma vez o convite do seu antigo companheiro Phil Lynott para uma turnê pelos EUA da banda ‘Thin Lizzy’ abrindo os shows para o ‘Queen’. Gary Moore foi bastante solicitado em 1978, como guitarrista apareceu em gravações de outros artistas. No mesmo ano, lançou seu segundo álbum solo ‘Back on the Streets’ uma surpresa e sucesso no Reino Unido com a balada de blues ‘Parisienne Walkways’ que contou com a participação vocal de Phil Lynott. Em 1979, com ‘Thin Lizzy’ lançou o melhor álbum de sua carreira, ‘Black Rose’, um enorme sucesso no Reino Unido, um álbum épico de habilidades excepcionais de Gary Moore na guitarra. Mesmo assim, previsivelmente, saiu do grupo mais uma vez, e no meio de uma turnê pelos EUA, e uma fenda abriu-se na amizade entre Moore e Lynott. Implacável, Gary mudou-se para Los Angeles, além de criar outro grupo, o ‘G Force’, que gravou apenas um disco auto-intitulado em 1979.

gary moore

Durante a década de 80, Gary Moore além de aparecer em várias gravações, gravou sete álbuns de hard rock o que consolidou a sua carreira principalmente na Europa. Mas, nem tudo foram flores. Apesar de ter voltado à amizade com Phil Lynott e aparecer em várias faixas com a banda, os anos de abuso de drogas finalmente levaram Phil à morte em 1986 de ataque cardíaco aos 36 anos. ‘Wild Frontier’ de 1987 foi o primeiro álbum de estúdio de Gary depois de uma viagem de volta para sua terra natal, Belfast. Com várias canções sobre a Irlanda e influenciado pelas raízes celtas. A faixa-título era destinada a ser cantada com Phil Lynott. O álbum é dedicado à sua memória. Além da tragédia e cansado do rock pesado e principalmente das gravadoras que queriam a criação de hit após hits, Gary Moore voltou ao que o colocou na música, o blues. E em 1990 gravou ‘Still Got the Blues’, o mais famoso de sua carreira, e com convidados especiais: Albert Collins, Albert King e George Harrison. E continuou no blues em lançamentos subsequentes antes de formar o ‘BBM’, juntamente com o baixista Jack Bruce e o baterista Ginger Baker. O grupo durou um único álbum. O álbum seguinte, ‘Blues for Greeny’ foi um tributo a Peter Green que o ajudou no início da carreira. Com a entrada do novo milênio, Gary Moore voltou ao hard rock com os músicos Cass Lewis e Darrin Mooney. Dois anos depois, com Bob Daisley no baixo e Darrin Mooney na bateria voltou ao blues com ‘Power of the Blues’. Em 2011, Gary Moore foi encontrado morto devido a uma parada cardíaca, num quarto de hotel, em Estepona, Espanha, onde se encontrava em férias.

gary moore & bb king - oh pretty woman


gary moore - the best of the blues (2002)    gary moore - the platinum collection (2006)    essential montreux (2009)

The Best of The Blues (2002)
CD 1    CD 2

The Best of The Blues
CD 1: 01. Walking By Myself 02. Oh Pretty Woman (with Albert King) 03. Still Got The Blues 04. Separate Ways 05. Since I Met You Baby (with BB King) 06. Story Of The Blues 07. All Your Love 08. Too Tired (with Albert Collins) 09. Need Your Love So Bad 10. Midnight Blues 11. King Of The Blues 12. Jumpin' At Shadows 13. Texas Strut 14. Moving On 15. Messin' Around 16. Parisienne Walkways 17. The Supernatural
CD 2: 01. Caldonia (feat.Albert Collins & Albert King) 02. You Don't Love Me 03. Key To Love 04. The Thrill Is Gone (feat.BBfKing) 05. Stormy Monday (feat.Albert King) 06. Cold, Cold Feeling (feat.Albert Collins) 07. Further Up The Road (feat.Albert Collins) 08. The Stumble 09. Oh Pretty Woman 10. Walking By Myself 11. Too Tired (feat.Albert Collins) 12. Still Got The Blues 13. All Your Love 14. Midnight Blues

The Platinum Collection (2006)
CD 1    CD 2    CD 3

The Platinum Collection
CD 1: Rock 01. Parisienne Walkways 02. Out In The Fields (with Phil Lynott) 03. Over The Hills And Far Away 04. Empty Rooms 05. Friday On My Mind 06. After The War 07. Wild Frontier 08. Loner 09. Shapes Of Things 10. Wishing Well 11. Don't Take Me For A Loser 12. Hold On To Love 13. Blood Of Emeralds 14. Take A Little Time 15. Like Angels 16. One Good Reason 17. Johnny Boy
CD 2: Blues 01. Still Got The Blues 02. Cold Day In Hell 03. Oh Pretty Woman (with BB King) 04. Story Of The Blues 05. Separate Ways 06. Since I Met You Baby (with BB King) 07. I Loved Another Woman 08. Woke Up This Morning 09. Further On Up The Road 10. Sky Is Crying 11. Left Me With The Blues 12. Mean Cruel Woman 13. Blues Is Alright 14. If You Be My Baby 15. Need Your Love So Bad
CD 3: Live 01. Murder In The Skies 02. Military Man 03. White Knuckles 04. Empty Rooms (1) 05. Out In The Fields (with Phil Lynott) 06. Back On The Streets 07. Stop Messin' Around (with Phil Lynott) 08. Cold Day In Hell 09. Midnight Blues 10. King Of The Blues 11. Caldonia (with Albert Collins/Albert King) 12. Cold Cold Feeling (with Albert Collins) 13. Parisienne Walkways

Essential Montreux (2009)
CD 1    CD 2    CD 3    CD 4    CD 5

Essential Montreux
CD 1: 1990 01. All Your Love 02. Midnight Blues 03. You Don’t Love Me 04. Texas Strut 05. Moving On 06. Too Tired 07. Cold Cold Feeling 08. Further On Up The Road 09. King Of The Blues 10. Stop Messing Around 11. The Blues Is Alright 12. The Messiah Will Come Again
CD 2: 1995 01. If You Be My Baby 02. Long Grey Mare 03. Oh Pretty Woman 04. I Loved Another Woman 05. Merry-Go-Round 06. The Stumble 07. Need Your Love So Bad 08. You Don’t Love Me 09. Key To Love 10. Over The Hills and Far Away 11. Since I Met You Baby 12. The Blues Is Alright 13. Stop Messing Around 14. Jumpin’ At Shadows
CD 3: 1997 01. One Good Reason 02. One Fine Day 03. Cold Wind Blows 04. I’ve Found My Love In You 05. Always There For You 06. Oh Pretty Woman 07. Walking By Myself 08. Business As Usual 09. Out In The Fields 10. Over The Hills 11. Parisienne Walkways
CD 4: 1999 01. Walking By Myself 02. Since I Met You Baby 03. Need Your Love So Bad 04. Tore Down 05. You Don’t Love Me 06. All Your Love 07. Still Got The Blues 08. Too Tired 09. The Sky Is Crying 10. Further On Up The Road 11. Fire 12. Parisienne Walkways
CD 5: 2001 01. You Upset Me Baby 02. Cold Black Night 03. Stormy Monday 04. Oh Pretty Woman 05. All Your Love 06. Still Got The Blues 07. Too Tired 08. How Many Lies 09. Fire 10. Enough Of The Blues 11. The Prophet

publicado por mara* às 06:15 | link do post | comentar