chuck berry

chuck berryChuck Berry foi um dos precursores do rock'n'roll e um de seus maiores representantes ao misturar influências do blues e do country nos anos 50. Com narrativas sobre o cotidiano da juventude, o amor e carros velozes, seu grande sucesso foi 'Maybellene’ em 1955. Exerceu influência em importantes nomes do cenário musical como Elvis Presley, ‘The Beatles’, ‘Rolling Stones’ e mais recentemente, Eric Clapton, que declarou que, se não fosse Chuck Berry, ele jamais teria tocado uma guitarra. Cantor, compositor e guitarrista, hoje com quase 80 anos, nos shows é acompanhado pelo seu filho, Chuck Berry Jr., que toca guitarra, e sua filha, Ingrid Berry Clay, no vocal e na gaita.

Charles Edward Berry, nascido no Missouri, em 1931, ainda criança cantava em corais evangélicos, levado pelo pai que era pastor protestante. Aos 14 anos teve seu primeiro contato com uma guitarra, pouco antes de passar uma temporada em um reformatório, por furto. Livre da prisão a música foi esquecida e Chuck trabalhou alguns anos em uma fábrica de automóveis. Por pouco não se tornou cabeleireiro. Apenas em 1946, voltou a tocar. Em 1952 tocava profissionalmente em uma banda de estilo blues-country, ao se destacar como atração principal o nome do grupo foi mudado para ‘Chuck Berry Combo’. Participavam da banda o baterista Eddie Hardy e Johnnie Johnson a quem Berry considerava o melhor pianista e foi homenageado com a música ‘Johnny B. Goode’. Em 1955, Chuck Berry já estava em Chicago com a mulher e seus dois filhos e iniciou sua carreira na ‘Chess Records’. Gravou duas músicas com Willie Dixon no piano: ‘Ida May’, mais tarde regravada como ‘Maybellene’, e ‘Wee Wee Hours’. Um ano depois, Berry já vendia mais discos que todo o staff da gravadora. O toque inconfundível de sua guitarra imortalizou hits como: ‘Johnny B. Goode’ (1958), ‘Roll Over Beethoven’ (l956) e ‘Sweet Little Sixteen’ (1958).

chuck berry

O segredo para conquistar seus ouvintes era prestar atenção na reação de sua audiência e dar a ela o que queria. Tinha uma incrível presença no palco, tocando a guitarra, gesticulando, correndo e fazendo o seu clássico ‘duck-walk’. Sua figura carismática, seu humor irreverente contribuíram para torná-lo um ídolo para a juventude. Por essa razão sua música atravessou gerações, sempre falando diretamente aos jovens. Envolvido com drogas e outros problemas, não era raro o músico estar envolvido em polêmicas. Devido a uma delas, por levar uma prostituta de quinze anos para trabalhar em um de seus bares, foi condenado em 1962 e cumpriu dois anos da sentença. Quando saiu da prisão o rock havia mudado, tanto ‘Beatles’ como os ‘Rolling Stones’ haviam regravado suas canções e a simplicidade de sua música sofreu influências do rhytm & blues, que ele sempre aceitou.

Depois disso, sua carreira nunca foi totalmente recobrada, embora a música ‘My Ding a Ling’ em 1972 tenha sido o maior sucesso de sua carreira. Apesar de sua técnica única como guitarrista, era nos shows ao vivo que sempre fazia mais sucesso e um de seus álbuns, ‘London Sessions’, gravado em Londres em 1972, está até hoje entre os mais vendidos. Em 1979 teve novamente problemas com a justiça e em 1990 foi preso sobre acusação de ter instalado uma micro-câmera no banheiro feminino de seu restaurante. Em 1986 tornou-se um membro inaugural do ‘Hall da Fama’ do rock and roll. Sua autobiografia foi publicada em 1988. Chuck Berry é um ícone que estabeleceu o rock como uma forma musical e uniu o mundo dos negros e brancos na música.

chuck berry - you never can tell


Chuck Berry - The London Chuck Berry Sessions (1972)

The London Sessions (1972)

Tracklist
01. Let's Boogie 02. Mean Old World 03. I Will Not Let You Go 04. London Berry Blues 05. I Love You 06. Reelin' And Rockin' 07. My Ding-A-Ling 08. Johnny B. Goode

Chuck Berry – The Anthology (2000)

The Anthology (2000)
CD 1    CD 2

Tracklist CD 1
01. Maybellene 02. Wee Wee Hours 03. Thirty Days (To Come Back Home) 04. You Can't Catch Me 05. Down Bound Train 06. No Money Down 07. Brown Eyed Handsome Man 08. Roll Over Beethoven 09. Too Much Monkey Business 10. Havana Moon 11. School Day (Ring Ring Goes The Bell) 12. Rock And Roll Music 13. Oh Baby Doll 14. Sweet Little Sixteen 15. Guitar Boogie 16. Reelin' And Rockin' (Single Version) 17. Johnny B. Goode 18. Around And Around 19. Beautiful Delilah 20. House Of Blue Lights 21. Carol 22. Jo Jo Gunne 23. Memphis, Tennessee 24. Sweet Little Rock 'N' Roller 25. Little Queenie 26. Almost Grown

Tracklist CD 2
01. Back In The U.S.A. 02. Do You Love Me 03. Betty Jean 04. Childhood Sweetheart 05. Let It Rock 06. Too Pooped To Pop 07. I Got To Find My Baby 08. Don't You Lie To Me 09. Bye Bye Johnny 10. Jaguar And Thunderbird 11. Down The Road Apiece 12. Confessin' The Blues 13. I'm Talking About You 14. Come On 15. Nadine (Is It You?) 16. You Never Can Tell 17. Promised Land 18. No Particular Place To Go 19. Dear Dad 20. I Want To Be Your Driver 21. Tulane 22. My Ding-A-Ling 23. Reelin' And Rockin' 24. Bio

the definitive collection (2006)

The Definitive Collection (2006)

Tracklist
01. Maybellene 02. Thirty Days 03. You Can't Catch Me 04. Too Much Monkey Business 05. Roll Over Beethoven 06. Brown Eyed Handsome Man 07. Havana Moon 08. School Day (Ring Ring Goes The Bell) 09. Rock And Roll Music 10. Oh, Baby Doll 11. Reelin' And Rockin' 12. Sweet Little Sixteen 13. Johnny B. Goode 14. Around And Around 15. Beautiful Delilah 16. Carol 17. Memphis 18. Sweet Little Rock & Roller 19. Little Queenie 20. Almost Grown 21. Back In The U.S.A. 22. Let It Rock 23. I'm Talking About You 24. Come On 25. Nadine 26. You Never Can Tell 27. Promised Land 28. No Particular Place To Go 29. I Want To Be Your Driver 30. My Ding-A-Ling

publicado por mara* às 19:13 | link do post | comentar