enigma

michael cretuEm 1991 com o single ‘Sadeness’, ‘Enigma’ trouxe o fascínio dos cantos gregorianos e a cultura do mundo antigo para as pistas de dança, e o resultado foi único e irresistível. ‘Sadeness’ faz parte do álbum de estréia ‘MCMXC a.D.’, um dos mais influentes no gênero new age. O principal tema deste álbum é a luta que se enfrenta na vida, entre religião e sexualidade. O primeiro movimento do álbum é dividido em três partes, que compõem ‘The Principles of Lust’ (os princípios da luxúria). A primeira parte, ‘Sadeness’, a principal música do álbum, mistura o canto gregoriano com batidas de dança, uma mistura que nunca havia sido feita anteriormente. ‘Sadeness’ questiona as crenças pessoais do Marquês de Sade, que teve afeição tanto para a tortura quanto para o prazer. Triângulos e shakuhachi, instrumento de sopro japonês, foram acrescentados aos vocais franceses e aos suspiros e gemidos de Sandra Cretu. A canção termina em ‘Find Love’, no qual Sandra instrui os ouvintes para seguirem suas luxúrias. Outros temas que aparecem no álbum são baseados no fim do mundo do livro do Apocalipse. Outro grande sucesso foi a sexy ‘Mea Culpa’, remixada por vários DJs da Europa.

O vídeo clipe de ‘Principles of Lust’ foi banido da MTV e de várias estações de TV, e o álbum em diversos países, enquanto os críticos taxavam as músicas como blasfêmia. No entanto, a popularidade do álbum disparou, alcançando o disco de ouro e de platina. Embora se pense que Enigma seja um grupo musical, na verdade é um projeto musical idealizado pelo músico romeno, radicado na Alemanha, Michael Cretu. Ele e sua esposa Sandra formam o projeto desde o começo e vários músicos e cantores fizeram parte dos álbuns. Por isso, Enigma não é uma banda propriamente, mas um projeto musical, os artistas são convidados somente para participarem de determinados álbuns e não do projeto em si. Antes do ‘Enigma’, Cretu lançou alguns álbuns com seu próprio nome, mas não foram bem sucedidos. Foi então que traçou a criação de um novo estilo de ‘new age’ dance, e em 1990 é lançado o álbum debut do projeto: MCMXC a.D. E antes que ele fosse lançado, Cretu foi cauteloso, principalmente em relação à Igreja Católica, e decidiu assinar como M.C. Curly. Com a contracapa sem informação sobre seus integrantes, especulou-se se o Enigma era uma pessoa ou um grupo.

O nível de sensualidade nas músicas do projeto difere de álbum a álbum, profano em ‘Principles of Lust’, romântico em ‘Gravity of Love’, meigo na balada ‘Return to Innocence’. Desse modo, Michael Cretu descreve a música do ‘Enigma’ como sensual e não sexual. No começo de cada álbum uma vinheta de boas vindas é ouvida, sempre o mesmo som inconfundível de ‘The Voice of Enigma’, apresentado de formas diferentes pela voz de Louisa Stanley, que naquela época era executiva na Virgin Records. As músicas de ‘Enigma’ são muito utilizadas em campanhas publicitárias e filmes. ‘The Eyes of Truth’ do segundo álbum, ‘The Cross of Changes’, foi usada em ‘Matrix’. ‘Enigma’ foi influência para novos grupos musicais inspirados no canto gregoriano em suas músicas, como por exemplo ‘Era’.

enigma - mea culpa


enigma - music history best of enigma (2000)

Music History Best of Enigma (2000)
CD 1    CD 2

Tracklist CD 1
01. The voice of enigma 02. Principles of lust (Sadeness / Find Love) 03. The eyes of truth 04. Calleas wen away 05. Smell of desire 06. Knocking on forbidden doors 07. Mea Culpa 08. Morphing thru time 09. The dream of the dolphin 10. Byond the invisible 11. Between mind & heart 12. Why! 13. Shadows in silence 14. The child in us 15. The cross of changes 16. The screen behind the mirror 17. T.N.T. for the brain 18. Second chapter

Tracklist CD 2
01. The gate 02. Return to innocence 03. Back to the rivers of believe 04. Push the limits 05. Responsorium II 06. The roundabout 07. Metamorphosis 08. Gravity of love 09. I love you…Ill kill you 10. Silent warrior 11. Traces 12. Age of loneliness 13. Light of your smile 14. Modern crusaders 15. Sensing the spheres 16. Endless quest 17. Silence must be heard

tags:
publicado por mara* às 13:31 | link do post | comentar