otis redding

otis reddingOtis Redding nasceu na Georgia em 1941 e em 1967, morreu aos 26 anos de idade. Considerado um dos maiores cantores da soul music e rhythm and blues de sua geração, ele e sua banda de apoio ‘The Bar-Kays’ perderam a vida quando o avião em que viajavam caiu em um lago gelado de Wisconsin. Ben Cauley, um dos ‘Bar-Kays’ foi o único sobrevivente do acidente. Em 1965 o músico havia lançado seu terceiro disco, uma verdadeira obra prima chamada 'Otis Blue: Otis Redding Sings Soul'. Com tanta música descartável por aí e novas sensações aparecendo a toda hora para depois sumirem sem o menor aviso, e na maioria dos casos, sem fazer muita falta, é de admirar que um álbum mesmo depois de 40 anos do seu lançamento continua esbanjando qualidade. Continua sendo uma delícia ouvir um cantor verter tanta paixão e emoção em músicas que depois de passarem por ele nunca mais foram as mesmas.

Otis Redding nasceu na pequena cidade de Dawson, Geórgia. Quando tinha cinco anos, sua família se mudou para Macon também na Georgia, onde Otis começou a cantar no coral de uma igreja. Quando adolescente trabalhou como coveiro e frentista. E quando teve a oportunidade de participar do show de talentos do ‘Douglass Theatre’ ganhou por 15 semanas consecutivas. Ainda na adolescência resolveu sair da cidade. A sua primeira influência musical foi Little Richard, que também havia morado em Macon, e Otis fez parte de sua antiga banda, os ‘Upsetters’; depois da banda de Willie Little, ‘Panthers’; e mais tarde, em 1960, com Johnny Jenkins nos ‘Pinetoppers’. Além de cantar, Otis trabalhava como motorista de Jenkins. No mesmo ano fez suas primeiras gravações, com seu grupo ‘Otis Redding and the Pinetoppers’. Ele e seu grupo tocaram pela primeira vez na boate ‘Whisky a Go Go’, na Califórnia.

otis redding

Em 1962 durante uma sessão de Johnny Jenkins, quando o estúdio ficou vago, ele gravou ‘These Arms of Mine’, uma balada de sua autoria. A música virou um pequeno hit pela ‘Volt Records’, uma subsidiária do renomado selo sulista ‘Stax Records’ que tinha sede em Memphis, Tennessee. Otis Redding compunha a maioria de suas músicas, prática não muito comum na época, às vezes em parceria com Steve Cropper do grupo ‘Booker T. & the MG's’. Em 1967 ele se apresentou no influente Festival Pop de Monterey. E foi reconhecido como um grande cantor de soul e ganhou a admiração incondicional de bandas britânicas como os ‘Rolling Stones', mas o reconhecimento por seu trabalho veio apenas postumamente. É de sua autoria, o hit de Aretha Franklin, ‘Respect’. Enquanto Otis escreveu a canção para pedir o respeito e reconhecimento de uma mulher, Aretha reverteu os papéis em sua versão que se tornou uma marca registrada do movimento feminista. No ano seguinte ao acidente, sua canção ‘(Sittin’ On) the dock of the bay’ viria, tardiamente, a lhe trazer fama. Otis Redding foi chamado de o ‘rei do soul’, título dado também a James Brown e Sam Cooke.

otis redding - sittin' on the dock of the bay


otis redding soul legend (2011)

Otis Redding Soul Legend (2011)
CD 1    CD 2

Tracklist: CD 1
01. (Sittin On The) Dock Of The Bay 02. Hard To Handle 03. The Happy Song (Dum-Dum) 04. Fa-Fa-Fa-Fa-Fa (Sad Song) 05. Tramp (Duet With Carla Thomas) 06. Knock On Wood - (Duet With Carla Thomas) 07. Day Tripper 08. Try A Little Tenderness 09. My Lover's Prayer 10. Let Me Come On Home 11. Pain In My Heart 12. These Arms Of Mine 13. That's How Strong My Love Is 14. I've Been Loving You Too Long 15. Just One More Day 16. Security 17. Chained and bound 18. Ole Man Trouble (Album Cut - Otis Blue)

Tracklist: CD 2
01. Shake (Live) 02. My Girl 03. I Can't Turn You Loose 04. Mr Pitiful 05. Respect 06. (I Can't Get No) Satisfaction 07. Glory Of Love 08. I Love You More Than Words Can Say 09. I've Got Dreams To Remember 10. Open The Door 11. I'm Coming Home To See About You 12. Nobody's Fault But Mine 13. Champagne And Wine 14. A Lover's Question 15. Love Man 16. Free Me 17. Direct Me 18. Amen

tags:
publicado por mara* às 19:05 | link do post | comentar