fleetwood mac

post relacionado:
peter green

fleetwood macEm Londres, no ano de 1967, o guitarrista e compositor Peter Green e o baixista John McVie deixaram o ‘John Mayall's Bluesbreaker’ para formar seu próprio grupo. Com o nome de ‘Peter Green's Fleetwood Mac’, a formação completou-se com o vocalista e guitarrista Jeremy Spencer, influenciado pelo guitarrista, cantor e compositor americano de blues Elmore James (conhecido como o rei da guitarra slide) e o baterista Mick Fleetwood. Peter Green já era conhecido como cantor de blues e a banda saiu do anonimato quando se apresentou, pela primeira vez no festival ‘British National Jazz & Blues’. Ao assinar um contrato com o empresário/produtor de blues Mike Vernon, do selo ‘Blue Horizon’, o ‘Fleetwood Mac’, como o grupo passou a ser chamado, tornou-se um dos pioneiros no movimento de blues na Inglaterra. No final de 1968, Peter Green introduziu no grupo seu protegido, o jovem guitarrista Danny Kirwan, e assim o ‘Fleetwood Mac’ tornou-se a única banda com três guitarristas. Com um repertório próprio, faziam sucesso na Inglaterra, mas ainda não conseguiam atingir o mercado norte-americano.

Em 1969, Peter Green começou a se afastar do blues de raiz e, no começo de 1970, um Peter Green místico resolveu deixar o grupo e a vida musical. Com sua estrutura profundamente abalada, o grupo voltou somente no final do ano com o álbum ‘Kiln House’. E em 1971, Danny Kirwan deixou a banda por problemas pessoais. No ano seguinte, durante uma turnê pelos EUA, foi a vez de Jeremy Spencer abandonar a carreira musical, decisão tomada quando abordado em uma rua de Los Angeles por um membro de uma seita religiosa. Desaparecido por dias foi encontrado no templo da seita, o que surpreendeu a todos, pois, era avesso à religiosidade. Este novo golpe e o fracasso dos álbuns lançados foi determinante para banda ser desfeita. Objetivando completar a tournée interrompida, no ano seguinte o empresário Clifford Davis formou uma nova banda com o mesmo nome apesar de nenhum dos membros da formação original dela fazer parte. Sem serem notificados da mudança, os fãs do grupo compraram seus tickets para os diversos shows esperando ver a banda original. Os integrantes ao saberem dos fatos tomaram as providências legais para impedir que o nome fosse usado. O tribunal acolheu os argumentos e proferiu sentença contra o empresário e o novo grupo.

fleetwood mac

John McVie, Danny Kirwan, Peter Green, Jeremy Spencer e Mick Fleetwood

Em 1974, com o grupo britânico já estabelecido nos Estados Unidos, o seu líder, o baterista Mick Fleetwood, ao sondar um estúdio de Los Angeles para a gravação do próximo trabalho de sua banda, ouviu através do proprietário, que resolveu mostrar a qualidade do que se fazia por ali, um disco feito naquele local: era o ‘Buckingham Nicks’, gravado pelo casal Lindsey Buckingham e Stevie Nicks. Mick Fleetwood não só gostou da qualidade técnica da gravação como ficou encantado com a qualidade de Lindsey Buckingham como guitarrista, e resolveu convidá-lo para integrar o ‘Fleetwood Mac’. Mas o guitarrista só entraria se Stevie Nicks também entrasse. Mick Fleetwood concordou, e assim nasceu a formação clássica do ‘Fleetwood Mac’, que também incluía o casal formado pelo baixista John McVie e a cantora e tecladista Christine McVie.

fleetwood mac

No entanto, tempos depois, os conflitos internos causados pela separação de Christine e John McVie e de Stevie Nicks e Lindsey Buckingham criaram a especulação entre os meios de comunicação de que a banda poderia desmoronar. No entanto, a banda permaneceu unida artisticamente, e silenciou os especuladores gravando o álbum ‘Rumours’, lançado em 1977, no qual os membros da banda deixaram aflorar toda a carga emocional experimentada pelos últimos acontecimentos. O álbum tornou-se o mais vendido daquele ano, o de maior sucesso na história da música moderna, tendo recebido o Grammy de melhor álbum do ano, e nele estão sucessos como ‘Dreams’, ‘Go On Your Way’ e ‘The Chain’. ‘Rumours’, juntamente com ‘The Dark Side Of The Moon’ do ‘Pink Floyd’ é um dos álbuns mais vendidos. O 'Fleetwood Mac' já passou por 13 formações e 16 membros.

fleetwood mac - looking for somebody


‘Peter Green’s Fleetwood Mac’ foi o primeiro álbum, gravado em 1968, com os membros originais: Peter Green, Mick Fleetwood, John McVie e Jeremy Spencer. Blues no estilo do início da carreira de Eric Clapton e John Mayall, não surpreende, considerando a influência de Clapton em Peter Green e por sua passagem no ‘John Mayall's Bluesbreakers’. Christine McVie, Bob Welch, Lindsay Buckingham e Stevie Nicks ainda não tinham se juntado à banda. Ao ser editado em CD, em 1975, o disco ganhou mais sete faixas extras.

‘Kiln House’ foi o primeiro álbum da era pós-Peter Green e o último álbum a apresentar Jeremy Spencer. Foi o álbum que abriu as portas para o sucesso da banda nos EUA. Christine McVie esteve presente nas sessões de gravação e contribuiu com vocais de apoio e cobertura, embora ela não fosse ainda membro da banda.

fleetwood mac - peter green's fleetwood mac (1968)    fleetwood mac - kiln house (1970)    the original fleetwood mac (1971)

Peter Green’s Fleetwood Mac (1968)
Kiln House (1970)
The Original Fleetwood Mac (1971)

Peter Green’s Fleetwood Mac
01. My Heart Beats Like A Hammer 02. Merry Go Round 03. Long Grey Mare 04. Hellhound on My Trail 05. Shake Your Moneymaker 06. Looking For Somebody 07. No Place To Go 08. My Baby's Good To Me 09. I Loved Another Woman 10. Cold Black Night 11. The World Keeps On Turning 12. Got To Move 13. My Heart Beat Like A Hammer 14. Merry Go Round 15. I Loved Another Woman 16. I Loved Another Woman 17. Cold Black Night 18. You're So Evil 19. I'm Coming Home To Stay

Kiln House
01. This Is the Rock 02. Station Man 03. Blood on the Floor 04. Hi Ho Silver 05. Jewel Eyed Judy 06. Buddy's Song 07. Earl Gray 08. One Together 09. Tell Me All the Things You Do 10. Mission Bell

The Original Fleetwood Mac
01. Drifting 02. Leaving Town Blues 03. Watch Out 04. A Fool No More 05. Mean Old Fireman 06. Can't Affort to Do It 07. Fleetwood Mac 08. Worried Dream 09. Love That Woman 10. Allow Me One More Show 11. First Train Home 12. Ramblin Pony No. 2 13. Mighty Cold 14. Jumping at Shadows (Live Recording) 15. Man of Action

'25 Years: The Chain' é um álbum de compilação com quatro CDs, que cobrem toda a história da banda desde sua formação em 1967 até 1992. O conjunto apresenta várias faixas inéditas e remixes de canções conhecidas.

fleetwood mac - The Chain (1992)

25 Years: The Chain (1992)
CD 1    CD 2    CD 3    CD 4

Tracklist CD 1
01. Paper Doll [New Song] 02. Love Shines [New Song] 03. Stand Back 04. Crystal 05. Isn’t It Midnight 06. Big Love 07. Everywhere 08. Affairs of the Heart 09. Heart of Stone [New Song] 10. Sara 11. That’s All for Everyone 12. Over My Head 13. Little Lies 14. Eyes of the World 15. Oh Diane 16. In the Back of My Mind 17. Make Me a Mash

Tracklist CD 2
01. Save Me 02. Goodbye Angel 03. Silver Springs 04. What Makes You Think You’re the One 05. Think About Me 06. Gypsy [Alternative Unedited Version] 07. You Make Loving Fun 08. Second Hand News [Alternati ve Mix] 09. Love in Store [Alternative Mix] 10. The Chain [Alternative Mix] 11. Teen Beat 12. Dreams [Alternative Mix] 13. Only over You 14. I’m So Afraid [Edit] 15. Love Is Dangerous 16. Gold Dust Woman 17. Not That Funny

Tracklist CD 3
01. Warm Ways 02. Say You Love Me 03. Don’t Stop 04. Rhiannon 05. Walk a Thin Line 06. Storms 07. Go Your Own Way 08. Sisters of the Moon 09. Monday Morning 10. Landslide 11. Hypnotized 12. Lay It All Down 13. Angel [Alternate Mix] 14. Beautiful Child 15. Brown Eyes 16. Save Me a Place 17. Tusk 18. Never Going Back Again 19. Songbird

Tracklist CD 4
01. I Believe My Time Ain’t Long 02. Need Your Love So Bad 03. Rattlesnake Shake 04. Oh Well, Pt. 1 05. Stop Messin’ Round 06. The Green Manalishi 07. Albatross 08. Man of the World 09. Love That Burns 10. Black Magic Woman 11. Watch Out 12. String-A-Long [Unreleased] 13. Station Man 14. Did You Ever Love Me 15. Sentimental Lady 16. Come a Little Bit Closer 17. Heroes Are Hard to Find 18. Trinity 19. Why

fleetwood mac - the very best of (2002)

The Very Best of (2002)

Tracklist
01. Go Your Own Way 02. Don't Stop 03. Dreams 04. Little Lies 05. Everywhere 06. Albatross 07. You Make Loving Fun 08. Rhiannon (Single Version) 09. Black Magic Woman 10. Tusk 11. Say You Love Me 12. Man Of The World 13. Seven Wonders 14. Family Man 15. Sara 16. Monday Morning 17. Gypsy 18. Over My Head (Single Version) 19. Landslide 20. Chain 21. Big Love (Live 1997)

publicado por mara* às 14:11 | link do post | comentar