the beach boys

the beach boys‘The Beach Boys’ foi uma banda pop de destaque no início dos anos sessenta. As origens do grupo estão em Hawthorne, Califórnia, um subúrbio a sul de Los Angeles situado perto da costa do Pacífico. Os irmãos Brian, Dennis e Carl Wilson cresceram perto do oceano, mas apenas Dennis tinha qualquer interesse em surfar. Os três eram estimulados pelo fascínio de Brian pela música dos anos 50 e o primo Mike Love, muitas vezes unia-se às sessões de improviso musical, assim como o companheiro de equipe de futebol Al Jardine. Seus pais ajudaram na compra dos instrumentos, com Brian no baixo, Carl na guitarra e Dennis na bateria. Posteriormente foram incluídos o compositor Bruce Johnston, e os sul-africanos Blondie Chaplin e Ricky Fataar. ‘The Beach Boys’ é frequentemente considerado como a resposta americana aos 'Beatles', apesar de lançarem o seu álbum de estréia dois anos antes. Ao contrário do que se poderia esperar, ‘The Beach Boys’ tem uma das histórias mais longas e mais fascinantes na história recente, com muito sol, surfe e esquizofrenia. Antes mesmo de começarem profissionalmente, eles tinham cantado juntos durante anos, tocando na escola sob vários nomes tais como ‘Carl and the Passions’ e ‘Kenny and the Cadets’. O início efetivo se deu na garagem da casa, em 1961, quando os pais dos irmãos Wilson foram para o México em um viagem de negócios, e eles gravaram ‘Surfin’ escrita por Brian e Mike. Depois de descobertos pela rádio local assinaram com a ‘Capitol Records’. Antes do lançamento de qualquer material para a gravadora, no entanto, Jardine deixou a banda para cursar a faculdade. Um amigo o substituiu e rapidamente estavam nas paradas como a primeira banda ‘surf rock’ da nação e popularizaram a cultura da Califórnia em todo o país. No início de 1963, Jardine retornou e retomou o seu lugar no grupo. Até o final do ano, os ‘Beach Boys’ tinham gravado três LPs e excursionavam incessantemente. O grupo também realizou turnês promocionais na Europa. Além disso, Brian começou a crescer como produtor.

the beach boys

(da esquerda para a direita)
Carl Wilson, Dennis Wilson, Mike Love, Al Jardine, Brian Wilson

No entanto, as pressões foram demais para Brian. O estresse das várias turnês, o uso de drogas e o desejo obsessivo de superar os ‘Beatles’ levou Brian a um colapso nervoso que o afastou das viagens. Os demais continuaram a excursionar com Glen Campbell a substituí-lo primeiramente, e Bruce Johnston depois, enquanto ele ficava em casa escrevendo e fazendo uso do talento de ‘The Wrecking Crew’, banda de estúdio de Los Angeles liderada pelo baterista Hal Blaine, um dos mais bem sucedidos grupos de músicos de estúdio na história da música. Com o apoio de ‘The Wrecking Crew’, Brian Wilson compôs clássicos como ‘California Girls’, ‘Help Me Rhonda’ e ‘Please Let Me Wonder’. No final de 1965, os ‘Beatles’ lançaram ‘Rubber Soul’. Espantado com a qualidade musical do álbum, Brian começou a escrever canções com a ajuda do letrista Tony Asher. O resultado, lançado em maio de 1966 como ‘Pet Sounds’, é um dos álbuns mais influentes, é o que a maioria dos críticos chama de o maior álbum pop de todos os tempos. Mas, não conseguiu impressionar o público americano. Por outro lado, a reação de todo o mundo não foi apenas positiva, mas exultante. Na Inglaterra, o álbum atingiu o número dois e a banda foi nomeada o melhor grupo acima até mesmo dos 'Beatles'. ‘Pet Sounds’ trouxe uma profundidade totalmente nova para a música, com técnicas avançadas de produção e letras poderosas sobre temas como solidão, saudade, auto-isolamento, e o poder da comunicação não verbal. Paul McCartney revelou que ‘Pet Sounds’ foi uma grande influência no álbum ‘Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band’.

the beach boys

'The Beach Boys' a primeira banda ‘surf rock’

A partir daí, no entanto, a história se torna longa e trágica. Depois de ‘Pet Sounds’ lançado, Brian Wilson pretendia ofuscá-lo com um álbum novo e revolucionário chamado ‘Smile’. Contudo, a falta de apoio da gravadora combinado com sua psique doente e o abuso de drogas levou ao cancelamento do álbum em 1967. A banda lançou então ‘Smiley Smile’, supostamente mais comercial, em oposição ao ‘estranho’ ‘Smile’. O álbum foi um fracasso, e ‘The Beach Boys’ lutava para continuar nas paradas até o início dos anos 70. Como os ‘Beatles’ estavam inaugurando a era psicodélica, a multidão de adolescentes rapidamente começou a ver os ‘Beach Boys’ como um grupo conservador. Um ano depois, assinaram contrato com a ‘Reprise Records’. O primeiro álbum foi ‘Sunflower’, um álbum surpreendentemente forte com canções escritas por diferentes membros da banda. Durante este tempo, Brian permaneceu escondido em seu quarto; Dennis Wilson se tornou amigo de Charles Manson, líder do grupo que cometeu vários assassinatos, entre eles o da atriz Sharon Tate, esposa do diretor de cinema Roman Polanski; e os irmãos Wilson dominados pelo pai Murry Wilson venderam o catálogo de suas canções por uma soma irrisória de 750 mil dólares, um catálogo que é estimado hoje em 75 milhões de dólares. O grupo seguiu em frente na década de 70 e 80, com Brian apenas um participante inconsistente e cada membro revelou talentos individuais nunca totalmente desenvolvidos durante os anos 60.

the beach boys

Alemanha (1966)

As coisas começaram a melhorar em 1974, quando a ‘Capitol Records’ lançou o álbum de grandes hits, ‘Endless Summer’, que não só ganhou disco de platina triplo e restaurou a vida financeira da banda, mas também impulsionou-os de volta à relevância cultural. Eles decidiram iniciar a gravação de um novo álbum e tentaram atrair Brian Wilson de volta ao estúdio. Durante este tempo, Brian estava sendo submetido à uma terapia não convencional, que foi capaz de mantê-lo ligeiramente mais saudável e disposto a trabalhar com o grupo novamente. Ele produziu dois álbuns, ‘15 Big Ones’ e ‘Love You’ e também reapareceu no palco com a banda. Mas, é claro que Brian não estava bem o suficiente e ele começou a escorregar de volta para seus antigos hábitos. Mike Love assumiu a liderança da banda neste momento, e Carl e Dennis Wilson compunham canções em seu lugar. Ambos criaram memoráveis músicas, com Dennis Wilson compondo para seu próprio álbum solo, ‘Pacific Ocean Blue’, que é agora considerado como sendo tão incrível quanto o que Brian fez. No entanto, Dennis também estava propenso ao alcoolismo e comportamento auto-destrutivo, e morreu afogado em 1983. Alcoolizado, bateu a cabeça em outro barco quando mergulhou para reaver bens pessoais que ele tinha jogado fora de seu amado iate, ‘Harmony’. A pedido do presidente Reagan, ele se tornou um dos poucos civis a ser enterrado no mar.

the beach boys

1967: época em que Brian Wilson saiu da banda

‘The Beach Boys’, basicamente capengou na década de 80 e 90, sendo apenas ‘Kokomo’ um hit de sucesso em 1988. Com Brian Wilson regredindo, nos dez anos seguintes, ele foi novamente submetido às terapias não convencionais do Dr. Eugene Landy. Landy não só tratava a doença de Brian de maneiras extremas e questionáveis, mas também se intrometia em seus assuntos musicais e isolava Brian de seus amigos e familiares, enquanto milhares de dólares iam para as suas contas. Em 1991, um processo judicial bem sucedido separou Landy de Brian. Ele se recuperou de forma magnífica, e em 1996, foi persuadido a voltar novamente como produtor da banda. No entanto, tudo o que veio foi ‘Stars and Stripes Vol. 1’, um álbum fraco interpretado por artistas de segunda categoria. Qualquer chance de uma reunião que realmente valesse alguma coisa foi interrompida pela morte de Carl Wilson, de câncer, em 1998. Os 'Beach Boys' sobreviventes eram Mike Love, Bruce Johnston, e uma variedade de músicos; Brian Wilson continuou a gravar com eles e Al Jardine, que deixou o grupo original após a morte de Carl agora excursionava com seu filho e outros músicos conhecidos como ‘Al Jardine's Endless Summer Band’. Vários artistas têm citado ‘The Beach Boys’ como uma grande influência, basicamente o gênero rock indie todo.

the beach boys - surf's up


‘The Beach Boys Today!’ é o oitavo álbum de estúdio da banda e o primeiro de três lançados em 1965. ‘The Beach Boys Today!’ marcou o começo de grandes mudanças na banda, em particular, na vida pessoal do líder Brian Wilson. Aqui começa a revolução, o surf music fica de lado, e o experimentalismo, embora discretíssimo, começa a fazer parte das composições da banda. Músicas mais maduras, baladas lindas e grandes clássicos. Após ‘Pet Sounds’, o álbum é provavelmente o mais aclamado da carreira dos ‘Beach Boys’. O álbum inclui a versão original do sucesso clássico, ‘Help Me, Rhonda’.

‘Pet Sounds’ é o décimo primeiro álbum de estúdio da banda lançado pela ‘Capitol Records’. É considerado um dos discos mais influentes da música pop, e classificado como número # 1 em várias listas de maiores álbuns de todos os tempos em revistas especializadas. Brian Wilson parou de excursionar com a banda e concentrou a sua atenção nas composições e gravações. Nesse trabalho, ele teceu camadas elaboradas de harmonias vocais, juntamente com efeitos de som e instrumentos não-convencionais, como sinos de bicicleta, órgãos, cravos, flautas, teremim, e apitos para cães, junto com instrumentos mais usuais como teclados e guitarras. ‘Pet Sounds’ está na lista dos 200 álbuns definitivos no Rock and Roll Hall of Fame. É um dos primeiros álbuns do ‘art rock’, ou seja, rock em forma de arte. Os principais alicerces para este álbum são encontrados nos álbuns anteriores de 1965, ‘The Beach Boys Today!’ e ‘Summer Days’ (and Summer Nights!).

‘Wild Honey’ é o décimo terceiro álbum de estúdio da banda e o primeiro dos ‘Beach Boys’ desde ‘Surfin' USA’ a não ser produzido unicamente por Brian Wilson, que vinha abdicando gradualmente da liderança musical da banda desde as difíceis sessões do abortado ‘Smile’. ‘Wild Honey’ é um disco recheado de tendências funk, dançante, e com instrumentos exóticos.

the beach boys today! (1965)    the beach boys - pet sounds (1966)    the beach boys - wild honey (1967)

The Beach Boys Today! (1965)

Tracklist
01. Do you wanna dance? 02. Good to my baby 03. Don't hurt my little sister 04. When I grow up (to be a man) 05. Help me, Ronda 06. Dance, dance, dance 07. Please let me wonder 08. I'm so young 09. Kiss me, baby 10. She knows me too well 11. In the back of my mind 12. Bull sessions with Big Daddy

Pet Sounds (1966)

Tracklist Side One: 01. Wouldn't It Be Nice 02. You Still Believe in Me 03. That's Not Me 04. Don't Talk (Put Your Head on My Shoulder) 05. I'm Waiting for the Day 06. Let's Go Away for Awhile 07. Sloop John B

Tracklist Side Two: 01. God Only Knows 02. I Know There's an Answer 03. Here Today 04. I Just Wasn't Made for These Times 05. Pet Sounds 06. Caroline No

Wild Honey (1967)

Tracklist
01. Wild Honey 02. Aren't You Glad 03. I Was Made To Love Her 04. Country Air 05. A Thing Or Two 06. Darlin' 07. I'd Love Just Once To See You 08. Here Comes The Night 09. Let The Wind Blow 10. How She Boogalooed It 11. Mama Says

‘Friends’ é o décimo quarto álbum de estúdio da banda e o primeiro a ser lançado somente em estéreo. ‘Friends’ só atingiu #126 nas paradas americanas, indicando que a banda já não era tão popular em seu país. No Reino Unido, mais tarde, foi bem mais popular, alcançando #13. Apesar de pouco respaldo na mídia e ser mal compreendido, ‘Friends’ define a maturidade artística dos ‘Beach Boys’ como um todo, e é considerado como uma das maiores obras primas da banda pela sua diversidade melódica, harmônica, rítmica e instrumental. Vocalmente, é considerado perfeito.

‘Sunflower’ é o décimo sexto álbum de estúdio do grupo e o primeiro pela ‘Reprise Records’. Rock’n’roll melódico, alegre, totalmente no espírito paz e amor, desde a capa.

‘Surf´s Up’ é o décimo sétimo álbum com base em uma canção de mesmo título escrita por Brian Wilson e Van Dyke Parks para o abandonado álbum ‘Smile’. ‘Surf's Up’ é um dos mais maduros discos dos ‘Beach Boys’, mantendo o tom experimental dos discos anteriores. Toques de rock progressivo são encontrados, como na faixa ‘Feel Flows’. A faixa título foi elogiada na época de sua composição nas sessões de ‘Smile’ por músicos ligados à música erudita como Leonard Bernstein, dizendo ser um acontecimento novo da música popular na época.

the beach boys - friends (1968)    the beach boys - sunflower (1970)    the beach boys - surf's up (1971)

Friends (1968)

Tracklist Side One: 01. Meant For You 02. Friends 03. Wake The World 04. Be Here In The Mornin’ 05. When A Man Needs A Woman 06. Passing By

Tracklist Side Two: 01. Anna Lee, The Healer 02. Little Bird 03. Be Still 04. Busy Doin’ Nothin’ 05. Diamond Head
06. Transcendental Meditation

Sunflower (1970)

Tracklist Side One: 01. Cottonfields 02. Slip on Through 03. This Whole World 04. Add Some Music to Your Day 05. Deidre 06. Got to Know the Woman 07. It’s About Time

Tracklist Side Two: 01. Tears in the Morning 02. All I Wanna Do 03. Forever 04. Our Sweet Love 05. At My Window 06. Cool, Cool Water

Surf´s Up (1971)

Tracklist
01. Don't Go Near The Water 02. Long Promised Road 03. Take A Load Off Your Feet 04. Disney Girls (1957) 05. Student Demonstration Time 06. Feel Flows 07. Lookin' At Tomorrow (A Welfare Song) 08. A Day In The Life Of A Tree 09. 'Til I Die 10. Surf's Up

‘Carl and the Passions - So Tough’ é o décimo oitavo álbum de estúdio da banda. É tratado com indiferença por boa parte dos fãs por ser o trabalho mais diferente do grupo e por ser em parceria com os sul africanos Blondie Chaplin e Ricky Fataar, da banda ‘The Flames’. Não sendo considerado como um puro ‘Beach Boys’, o disco é a penúltima obra prima do grupo, sendo a última o ‘Holland’, também com a parceria deles. Muitos consideram falta de coesão, outros consideram como um disco versátil. Foi Carl Wilson que teve a idéia de chamar esta parceria e de mudar bastante o som da banda. Desde o ‘Wild Honey’ o grupo não tinha mais se enveredado tanto para o soul, blues e R&B, exceto algumas do ‘Sunflower’. ‘Carl and the Passions - So Tough’ mostra elementos fortes do gospel em ‘He Come Down’, blues-country em ‘Hold On Dear Brother’, e as outras bastante voltadas ao R&B e soul clássicos, além do rock ‘Marcella’. As baladas fortes e melancólicas de Dennis Wilson em parceria com Daryl Dragon marcam a mudança no disco em ‘Make It Good’ e ‘Cuddle Up’. O disco é cuidadosamente executado e é musicalmente respeitado, sendo como a preparação do vanguardista ‘Holland’ no ano seguinte, considerado por críticos com a última pérola dos ‘Beach Boys’, mesmo seguindo com bons álbuns após ele. ‘Carl and the Passions - So Tough’ é o álbum predileto de Elton John.

carl and the passions - so tough (1972)    the very best of the beach boys (2001)

Carl and the Passions - ‘So Tough’ (1972)

Tracklist
01. You Need a Mess of Help to Stand Alone 02. Here She Comes 03. He Come Down04. Marcella 05. Hold On Dear Brother 06. Make It Good 07. All This Is That 08. Cuddle Up

The Very Best of (2001)

Tracklist
01. Good Vibrations 02. California Girls 03. I Get Around 04. Wouldn't It Be Nice 05. Surfin' Safari 06. Fun, Fun, Fun 07. Surfin' USA08. Help Me Rhonda 09. Don't Worry Baby 10. When I Grow Up (To Be a Man) 11. Little Deuce Coupe 12. Dance, Dance, Dance 13. Little Honda 14. Do You Wanna Dance? 15. Surfer Girl (song) 16. Then I Kissed Her 17. God Only Knows 18. Caroline, No 19. Sloop John B 20. Barbara Ann 21. Heroes and Villains 22. Do It Again 23. Darlin' 24. Wild Honey 25. Break Away 26. Rock and Roll Music 27. I Can Hear Music28. Cotton Fields (The Cotton Song) 29. Lady Lynda
30. Kokomo

publicado por mara* às 19:22 | link do post | comentar