the yardbirds

postagem relacionada
eric clapton

the yardbirdsNos anos 60, na Inglaterra, o rhythm & blues estava dando os seus primeiros passos e dezenas de grupinhos musicais de garagem estavam surgindo, dentre eles John Mayall e os Rolling Stones. A cena musical inglesa girava em torno do 'Crawdaddy Club’, um clube localizado no subúrbio de Richmond, onde a banda ‘The Rolling Stones’ tocava todo domingo desde 1962, atraindo jovens de várias camadas sociais, entre eles Paul Samwell-Smith (baixo), que com Tony Topham de 15 anos (guitarra), Chris Dreja (guitarra) e Keith Relf (vocais), e até aparecer Jim McMarty não tinha ninguém na bateria, formavam o ‘Metropolitan Blues Quartet’, um quarteto acústico que tocava o blues rural de Robert Johnson e afins. Ao ouvirem os ‘Rolling Stones’, passaram para instrumentos elétricos. E foi esse grupo que Giorgio Gomelsky contratou para ocupar o palco do ‘Crawdaddy Club’ no lugar dos ‘Stones’ quando estes assinaram contrato com uma gravadora e lançaram o primeiro single. Só que, antes do ‘Metropoliton Blues Quartet’ aceitar o convite especial, duas modificações aconteceram de imediato: Eric Clapton substituiu Tony Topham na guitarra solo e a banda passou a se chamar ‘The Yardbirds’, nome inspirado na música do jazzista Charlie Parker. A letra dessa canção falava dos 'vagabundos' que viajavam nos trens, no sul dos Estados Unidos.

the yardbirds com eric clapton

Giorgio Gomelsky, Paul Samwell-Smith, Chris Dreja, Jim McCarty, Eric Clapton e Keith Reif (1964)

E tocavam os mestres negros norte-americanos: Bo Didley, Willie Dixon, Muddy Waters, Chuck Berry, Buddy Guy e Kimmy Reed. E Eric Clapton logo passou a ser aclamado por seu estilo improvisador, que lhe rendeu o apelido de ‘slowhand’. No mesmo ano, 1964, em que lançaram seu primeiro single, ‘I Wish You Would’, excursionaram e gravaram com Sonny Boy Williamsom. Pouco a pouco, o grupo se encaminhava na direção do pop e Eric Clapton não gostou nada do tom comercial que começava a ser dado ao som do grupo. Em protesto, saiu da banda, e se juntou a ‘John Mayall & Bluesbrakers’, substituindo Roger Dean. Jimmy Page foi convidado para preencher a vaga, mas acabou recomendando Jeff Beck.

the yardbirds com jeff beck

Chris Dreja, Jeff Beck, Paul Samwell-Smith, Jim Mccarty e Keith Relf

O primeiro álbum, ‘Five Live Yardbirds’ de 1965, ainda contou com a participação de Clapton. O disco seguinte trazia Jeff Beck cantando em ‘Nazz Are Blue’. Em 1966, Paul Samwell-Smiths resolveu sair e Jimmy Page foi novamente convidado. Os ‘Yardbirds’ agora tinham os dois guitarristas mais criativos: Jimmy Page e Jeff Beck. Jimmy Page não só era um excelente músico como também contava com apoio e respeito de Eric Clapton e John Mayall e larga experiência em estúdios. E Jeff Beck era responsável pela introdução de elementos como a slide guitar, o fuzz, efeitos de feedback, além de suas famosas performances em que tocava sua guitarra com uma só mão e a outra colocava em cima da cabeça, sendo um dos primeiros músicos a popularizar o guitarrista-showman. Uma revista chegou a afirmar que Jimi Hendrix observara Jeff, mostrando interesse por essa técnica em particular.

the yardbirds com jimmy page e  jeff beck

Jimmy Page, Chris Dreja, Jim McCarth, Jeff Beck e Keith Relf

Na última fase e o período mais duradouro da banda, foi lançado um álbum histórico ‘The Yardbirds’ de 1968, que marcou o fim definitivo da banda com a saida de Page que alegou cansaço do trabalho em estúdio, sendo seguido por Jefff Beck. Foi nessa ocasião que Keith Relf e Jim McCarty, mais a irmã de Relf, Jane, Louis Cennamo e John Hawken resolveram formar uma banda totalmente diferente, uma banda com um som mais acústico com misturas de folk, art-rock, e com características progressivas que recebeu o nome de ‘Renaissance’. Outros grandes grupos também tiveram influências dos 'Yardbirds', dentre eles ‘Cream’, ‘Strawbs’ e ‘Led Zeppelin’.

Chris Dreja, que pretendia com Jimmy Page formar o ‘New Yardbirds’, resolveu tentar uma nova carreira em fotografia. Um de deus trabalhos foram as fotos de capa do primeiro álbum do ‘Led Zeppelin’ que chegou a usar o nome 'New Yardbirds' em seus primeiros shows. Keith Relf morreu em 1976 eletrocutado pela guitarra. Paul Samwell-Smith assessorou a carreira de Cat Stevens. Somente na década de oitenta a critica especializada voltaria a refletir e conceder a devida importância que ‘The Yardbirds’ merece, ofuscados em parte, pelas incríveis carreiras de seus guitarristas Eric Clapton, Jeff Beck e Jimmy Page.

the yardbirds - five long years



The Yardbirds Story 1963-66

The Yardbirds Story: 1963-66
CD 1    CD 2    CD 3    CD 4

Tracklist CD 1
01. Smokestack Lightning 02. You Can't Judge A Book By Looking At It's Cover 03. Let It Rock 04. I Wish You Would 05. Who Do You Love 06. Honey In Your Hips 07. Bye, Bye, Bird (with sonny boy williamson) 08. Mister Downchild (with sonny boy williamson) 09. The River Rhine (with sonny boy williamson) 10. 23 Hours Too Long (with sonny boy williamson) 11. A Lost Care (with sonny boy williamson) 12. Pontiac Blues (with sonny boy williamson) 13. Take It Easy, Baby (with sonny boy williamson) 14. Out On The Water Coast (with sonny boy williamson) 15. Western Arizona (with sonny boy williamson) 16. Take It Easy, Baby (with sonny boy williamson) 17. Do The Weston (with sonny boy williamson) 18. Baby, What's Wrong

Tracklist CD 2
01. Boom, Boom 02. Honey In Your Hips 03. Talkin' 'Bout You 04. I Wish You Would (Demo) 05. A Certain Girl (Demo) 06. Slow Walk (with sonny boy williamson) 07. Highway 69 (with sonny boy williamson) 08. My Little Cabin 09. Too Much Monkey Business 10. Got Love If You Want It 11. Smokestack Lightning 12. Good Morning, Little Schoolgirl 13. Respectable 14. Five Long Years 15. Pretty Girl 16. Louise 17. I'm A Man 18. Here 'Tis 19. I Wish You Would 20. A Certain Girl 21. Good Morning, Little Schoolgirl - (Backing Track) 22. Good Morning, Little Schoolgirl - (Backing Track Plus Harmonica) 23. Good Morning, Little Schoolgirl - (Master) 24. I Ain't Got You

Tracklist CD 3
01. For Your Love 02. Got To Hurry (Take 2 - False Start) 03. Got To Hurry (Take 3 - Master) 04. Got To Hurry (Take 4) 05. Putty (In Your Hands) 06. Sweet Music (Take 3) 07. Sweet Music (Take 4) 08. I'm Not Talkin' 09. I Ain't Done Wrong 10. My Girl Sloopy 11. Heart Full Of Soul (Sitar Version) 12. Heart Full Of Soul 13. Steeled Blues 14. Evil Hearted You 15. Still I'm Sad 16. Shapes Of Things 17. Shapes Of Things (alternate take) 18. You're A Better Man Than I 19. I'm A Man 20. New York City Blues 21. The Train Kept A-Rollin' 22. Paff...Bum 23. Questa Volta 24. Mr. Zero (with Keith Relf) 25. Knowing (with Keith Relf) 26. New York City Blues (Stereo remix)

Tracklist CD 4
01. Jeff's Blues (take 1) 02. Jeff's Blues (take 2) 03. Someone To Love, Part One (take 2, instrumental) 04. Someone To Love, Part One (take 4, instrumental) 05. Someone To Love, Part One (take 14, instrumental) 06. Someone To Love, Part One (take 15 vocal) 07. Someone To Love, Part Two 08. Like Jimmy Reed Again 09. Chris' Number (take 1) 10. Pounds And Stomps (XYZ) 11. Pounds And Stomps 12. What Do You Want (take 1) 13. What Do You Want (take 2) 14. What Do You Want (take 3) 15. What Do You Want (take 4) 16. Here 'Tis (Stereo Version instrumental) 17. Here 'Tis (Version For R.S.G.) 18. Crimson Curtain (take 1, Edit) 19. Stroll On 20. I'm A Man (Live In Germany, 1967) 21. Shapes Of Things (Live In Germany, 1967)

publicado por mara* às 13:10 | link do post | comentar